segunda-feira, outubro 22, 2012

NOVOS TEMPOS,, VELHOS TEMPOS E MAIS CRISE E CULPAS (serão mesmo novos ?)

Em 2004 criei este blog por diversão, para aqui escrever pensamentos ou coisas parecidas a poemas (era o mais parecido que eu sabia fazer a poesia,descobri logo que na tenho jeito nenhum e deixei-me disso); Já o usei para publicar 3 ou 4 fotografias feitas aqui em Zurique  mas principalmente para estar em contacto com outros bloguistas (esses sim com grandes pensamentos e ideias e bons poemas).
 Bem os tempos mudam e agora 8 anos e meio depois volto a escrever aqui;
 Porquê agora ?
Como qualquer Português é impossível ler jornais, ver TV ou ouvir Radio sem que o tema da crise não esteja presente.. Bom, como todos já sabem a crise è culpa "nossa"... ah, sim sim, ai você não sabia que era culpa sua??..Pois é sua e minha, da minha mãe reformada e dos meus filhos de 12 e 13 anos, foi culpa da minha avó, mas essa para não ter de pagar até faleceu, bem foi culpa de todos nós, menos da classe dirigente, dos nossos políticos e dos grupos económicos pois esses bem tentaram avisar-nos para ter cuidado, muitas vezes nos disseram que andávamos a viver acima das nossas posses, bem nos disseram para não comprar casa e roupas  (luxos desnecessários - basta ver que os mendigos também vivem sem roupas e sem casas), mas nós que somos um povo teimoso e mal agradecido fizemos ouvidos moucos e continuamos a viver a nossa vida desregrada, ele era gastar dinheiro para acrescentar  um quarto á casa (como se 2 não bastassem para 6 pessoas) ele era o carro (até parece que o meu avô não ia trabalhar a pé 15 km longe de casa, fazia-lhe bem á saúde  basta ver o  que dizem os médicos sobre o andar a pé), ele era o comprar fruta, peixe e carne para os nossos filhos como se fossem os filhos do primeiro ministro ou dos seus ministros ou filhos de algum director de banco (bem se sabe que os pobres até com caldo de farinha se aguentam , está provado, ora perguntem a algumas pessoas mais velhas da classe trabalhadora)... Bem, o que se passou foi que com esse comportamento levamos o país á banca rota, e agora que chegou a altura de pagar por todo esse conjunto de asneiras e vida de luxos que andamos a fazer durante anos, deitamos as mãos á cabeça e começamos a gritar e a negar, que não senhora a culpa não é minha, que não senhora eu não posso pagar mais, já nem dinheiro tenho para comprar a farinha pro caldo nem sapatos para ir a pé para o trabalho...bem esse tipo de desculpa esfarrapada... Mas meus senhores ainda é pior, é que alem destas e doutras desculpas ainda tentamos deitar a culpa em quem tanto nos avisou em quem tanta vez nos tentou chamar á razão... Pois pois, é que agora começamos a dizer que a culpa foi dos nossos governantes, que tanto fizeram por nós que sempre estiveram na primeira linha a zelar plos nossos interesses, a lutar plos nossos direitos laborais, a tentar melhorar o nosso sistema de saúde e a reformar para melhor a nossa justiça e educação a proteger-nos contra certas instituições financeiras que nos queriam era levar o dinheiro, enfim agora culpamos quem tudo fez para nos poupar a esta crise, mas ainda vamos mais longe a distribuir as culpas (que è só nossa claro), aha, também se começou a apontar o dedo aos bancos, pois aos bancos, onde já se viu ...os bancos que como toda a gente sabe são os que mais penalizados saíram desta crise, do dia para a noite tiveram de pedir ao estado biliões de euros para não fecharem as portas,(mas bem feita, pois fomos nós que tivemos de pagar esses biliões)  os bancos que para nos ajudar nos emprestaram tudo o que precisamos e muito mais ainda, não se lembram ? Até nos davam crédito sem saber se íamos poder pagar ou não.. só para nos ajudar e agora ainda os criticam e dizem que essas foram atitudes irresponsáveis  que deviam ter informado melhor e ser mais honestos... mas eles faziam tudo por nós, eu  lembro de ir pedir 1000 euros para arranjos em casa e o banco preocupado com o meu bem estar até se ofereceu logo para me emprestar esse dinheiro e ainda tentou emprestar-me mais 5000 para eu ir de férias..Tudo para o meu bem estar...
Pois mas agora é ver todo este nosso povinho a protestar contra a classe politica e os grupos economicos como se fossem eles os culpados desta crise; NÃO SENHOR, É PRECISO REPOR A VERDADE E DIZER BEM ALTO DE QUEM É A CULPA E A CULPA É NOSSA: MINHA, SUA, DOS SEUS PAIS E DOS SEUS FILHOS, eu por mim assumo e já avisei os meus filhos que de castigo por andarem a fazer uma divida destas ainda antes de fazer um ano de vida, vão andar uma semana a comer o caldo de farinha sem farinha... Ai ai, só pão e água para ver se aprendem ...

por agora vou por a água a aquecer, contenham-se nas criticas a quem tanto nos deu...

ATÉ A PRÓXIMA

ARTUR

3 comentários:

Anónimo disse...

muito bom!!!

como posso partilhar isto?

artur disse...

BEM, COMO PODEM VER ACIMA, O QUE FIZ AQUI FOI UMA ESPÉCIE DE "HUMOR TRISTE"...REPAREM NA CONTRADIÇÃO,É QUE EU NEM SEI SE EXISTE TAL COISA..
"HUMOR TRISTE"; PARA MIM EXISTE, POIS O QUE ME LEVOU A ESCREVER COM HUMOR ESTE TEXTO FOI A TRISTEZA DE VER O MEU PAÍS NESTE ESTADO E OS CULPADOS IMPUNES E AINDA A GOZAR COM O POVO.
JÁ AGORA SE GOSTAREM COMENTEM E SE NÃO GOSTAREM COMENTEM TAMBÉM, POIS SO NA DIVERSIDADE SE PODE ENCONTRAR A VERDADE

Anónimo disse...

crise?estadios de futebol cheios,consertos musica a 50 euros bilhete,etc so e desgracado quem quer?futebois e novelas parasitas da sociedade vao trabalhar malandros...