quarta-feira, agosto 04, 2004

A UMA "HEROINA"

QUAL IMAN POTENTE
ATRAINDO O FERRO
PLANETA AZUL
ATRAINDO A LUA

QUAL REMOINHO
QUE TUDO DEVORA
ASSIM TU ME ATRAIS
ME DESTROIS HORA A HORA

QUAL TOLO INSECTO
RODANDO A LUZ TRÊMULA
NUMA RODA LOUCA
QUE O LEVA Á MORTE
ASSIM TU ME TRAZES
NUMA VIDA INSANA
RODANDO SEM RUMO
ATÉ TER TAL SORTE

QUAL BURACO NEGRO
ONDE NADA EXISTE
MESA SEM PÃO
NUM LAR POBRE E TRISTE
QUAL FONTE SEM ÁGUA
NUM MÊS DE VERÃO

ASSIM ESTÁ MEU SER
ESTÁ MEU CORAÇÃO
SEM AMOR, SEM ÓDIO
OU OUTRA EMOÇÃO


(ARTUR LOPES - espero que nunca tenham tido uma "heroina" assim...)

6 comentários:

Anónimo disse...

adorei teu espaço.
gostei da poesia
nem amor
ódio
emoção
não há vida assim.
né não?
hm..valeu pelo comentário
um beijo
luisa-pareomundo

MONALISA disse...

Infelizmente muita gente é vitmia desta heroina. Beijinhos e continuação de boas férias.

Marta disse...

Alguma coisa boa há-de ter para provocar uma amor assim, ou será doença?! Beijo

FataMorgana disse...

A vida é tão boa sem heroínas dessas, sempre destrutivas. Nunca as fites nos olhos.
Um beijo

Anónimo disse...

Best regards from NY! » » »

Anónimo disse...

Best regards from NY! Sweating ass Pie pants Hot blonde mums naked nextera skin care 1 play roulette gay locker room voyeur pic rhinoplasty before and after photos nashville tn lexapro vs zoloft acyclovir dream online order pharmaceutical Rhode island powerball winning numbers free on line anti-virus Big boob penis Small computer cabinets how to hook two cpus to one monitor las vegas nevada tooth whitening system http://www.misty-hentai-6.info/Peeping-voyeur-video.html